Excesso de proteína pode matar? Veja o que dizem os especialistas sobre o caso da fisiculturista australiana

Excesso de proteina dieta da proteina hight protein fisiculturista australiana morre pod deficiencia de metabolizar proteina

Hoje foi noticiado pela CNN da Austrália que a jovem Meegan Hefford, que se preparava para uma competição de fisiculturismo, faleceu em virtude do excesso de proteínas em sua dieta.


Como o próprio título da matéria diz, a jovem tinha uma desordem rara, uma doença genética que impediu seu corpo de metabolizar adequadamente sua dieta rica em proteínas.

A mãe da jovem disse que ela seguia uma dieta desequilibrada e que encontrou um plano de alimentação restrita e rica em proteínas, como carne magra e clara de ovo, além de suplementos de proteína. Reconheceu a deficiência da filha e declarou que não tinha como saber do problema, pois ela não fez nenhum tipo de exame.

Na matéria está evidente que houve negligência da atleta, mas a mídia sensacionalista utiliza deste caso raro para alertar sobre o consumo dos suplementos, que não tem nada haver. Somente pela ingestão das carnes magras e claras de ovos ela já apresentaria esses problemas.

Veja o que dizem os especialistas sobre a repercussão desta notícia nas redes sociais:

O Dr Felipe Donato mostrou indignação pela notícia e revelou como a jovem poderia ter evitado a morte se tivesse acompanhamento adequado (clique aqui).

O Dr Igor Brandão também tratou a notícia como sensacionalista e fez uma postagem dedicada ao assunto (clique aqui).

A Dra Gilcelia Barbieri lamentou que a culpa seja sempre da dieta hiperproteica e chamou atenção para doenças genéticas, uso de anabolizantes, doenças associadas, uso de alguns medicamentos (clique aqui).

Continua...

Apenas uma cápsula de multivitamínico ao dia ajuda a tratar a Síndrome da Fome Oculta

Multivitaminico no tratamento da Sindrome da Fome Oculta SFO suplemento alimentar polivitaminico capsulas de vitaminas e minerais combate sobrepeso obesidade infantil crianca

Sabe aquela vontade compulsiva de comer alguma coisa que você não sabe o que é, mesmo depois de ter comido muito? Isso é o seu organismo tentando alertar que o seu corpo está com algum déficit nutricional.

A Síndrome da Fome Oculta - SFO é o baixo consumo ou mau aproveitamento dos nutrientes pelo organismo, um mal da vida moderna que oferece alimentos pobres em micronutrientes.

Segundo a Organização Mundial de Saúde - OMS, um em cada quatro pessoas no mundo sofre da doença que já atinge dois bilhões de pessoas.

As crianças são as mais afetadas e esta pode ser a causa do sobrepeso, obesidade infantil, deficiências no desenvolvimento físico e mental, enfraquecimento do sistema imunológico e pode afetar o desempenho escolar.

Em adultos, a doença de manifesta por vias estéticas, como pele opaca e sem vida devido à má oxigenação do sangue; predisposição a rugas e flacidez ocasionadas por alterações na formação de colágeno, queda de cabelo e sem brilho, unhas manchadas e quebradiças.

Tratamento

A prevenção é a melhor forma de prevenir a SFO com uma alimentação balanceada, incluindo todos os grupos alimentares (proteínas, carboidratos, frutas, verduras e legumes).

Se a pessoa já for diagnosticada com a doença, é preciso entrar com uma suplementação multivitamínica para que a recuperação seja mais eficiente, conforme recomenda órgãos internacionais como o World Health Organization - WHO, Unicef e Food and Agriculture Organization - FAO.

É importante esclarecer que a suplementação não é para abrir apetite e sim para dar suporte nutricional por um período aproximado de três meses.

Na Mega Vitaminas disponibilizamos multivitamínicos e polivitamínicos/minerais que atendem a 100% da Ingestão Diária Recomendada - IDR para adultos e crianças, nas formas de cápsulas e gummies em formatos de bichinhos.

Baixe artigos científicos atualizados sobre Whey Protein

Whey Protein artigos cientificos atualizados ultimas pesquisas cientificas proteina do soro do leite suplemento publicacao supplement concentrado isolado hidrolisado concentrate isolate hidrolisate microfiltracao troca ionica microfiltração troca iônica ultrafiltração

O que a ciência diz sobre Whey Protein? Quais as últimas evidências científicas e artigos relevantes sobre a proteína do soro do leite?

Whey Protein melhora as taxas de recuperação em crianças com desnutrição aguda moderada

Efeitos bioquímicos e clínicos da suplementação de Whey Protein na doença de Parkinson
Tosukhowong, P. et al. Biochemical and clinical effects of Whey protein supplementation in Parkinson’s disease: A pilot study. Journal of the Neurological Sciences. 367, 162–170 (2016).

Efeitos do Whey Protein e exercício de resistência na composição corporal: uma meta-análise de ensaios controlados randomizados

Efeitos da suplementação de whey protein durante o treinamento de força na massa magra: uma revisão sistemática

Peptídeos e proteínas do Whey e seus benefícios para a saúde humana
Tsutsumi1, R. & Tsutsumi, and Y. M. Peptides and Proteins in Whey and Their Benefits for Human Health. Austin Journal of Nutrition and Food Sciences. 1, 1002 (2014).

Whey Protein aumenta a massa magra corporal em treinamento de resistência
Volek, J. S. et al. Whey protein supplementation during resistance training augments lean body mass. Journal of the American College of Nutrition. 32, 122–35 (2013).

Eficácia do suplemento de Whey Protein em indivíduos treinados por resistência
NACLERIO, F., ALKHATIB, A., JIMENEZ, A. Effectiveness of Whey Protein Supplement in Resistance Trained Individuals. J Sports Med Doping, 2013.

A suplementação de Whey Protein Hidrolisado pós-exercício induz um maior aumento na síntese de proteínas musculares do que o seu conteúdo de aminoácidos constituintes
Kanda, A., et al. Post-exercise whey protein hydrolysate supplementation induces a greater increase in muscle protein synthesis than its constituent amino acid content. Br J Nutr. 2013 Sep 28;110(6):981-7.

O efeito do tempo de proteína na força muscular e hipertrofia: uma meta-análise
SCHOENFELD et al. The effect of protein timing on muscle strength and hypertrophy: a meta-analysis. Journal of the International Society of Sports Nutrition, 2013.

Whey Protein Hidrolisado aumenta a translocação de GLUT-4 para a membrana plasmática independente da insulina em ratos Wistar
Morato, PN., et al. Whey Protein Hydrolysate Increases Translocation of GLUT-4 to the Plasma Membrane Independent of Insulin in Wistar Rats. PLOS ONE, August 2013, Volume 8, Issue 8, e71134.

Dieta com Whey Protein diminui vários fatores de risco para doenças metabólicas
Sousa, G.T.D., Lira, F.S., Rosa, J.C., de Oliveira, E.P., Oyama, L.M., Santos, R.V., Pimentel, G.D. Dietary whey protein lessens several risk factors for metabolic diseases: a review. Lipids in Health and Disease 2012, 11:67.

Maior estimulação da síntese de proteínas miofibrilares com ingestão de Whey Protein Isolado v. Caseína micelar em repouso e após exercício de resistência em homens idosos
Yang, Y., Churchward-Venne, T. A., Burd, N. A., Tarnopolsky, M. A. & Phillips, S. M. Greater stimulation of myofibrillar protein synthesis with ingestion of whey protein isolate v. micellar casein at rest and after resistance exercise in elderly men. British Journal of Nutrition. 108, 958–962 (2012).

Whey Protein estimula a acumulação de proteínas do músculo pós-prandial de forma mais eficaz do que a caseína e o hidrolisado de caseína em homens mais velhos
PENNINGS et al. Whey protein stimulates postprandial muscle protein accretion more effectively than do casein and casein hydrolysate in older men. Am J Clin Nutr, 2011.

Efeito do consumo Whey Protein pré-refeição e seu hidrolisado na ingestão de alimentos e glicemia pós-maleável e respostas de insulina em adultos jovens
Akhavan, T., et al. Effect of premeal consumption of whey protein and its hydrolysate on food intake and postmeal glycemia and insulin responses in young adults. Am J Clin Nutr 2010; 91: 966–75.

Recomendações nutricionais para o manejo da Sarcopenia
Morley, J.E., et al. Nutritional Recommendations for the Management of Sarcopenia. (J Am Med Dir Assoc 2010; 11: 391–396).

Efeitos de Whey e suplementos de proteína colágeno hidrolisado fortificados sobre o equilíbrio de nitrogênio e composição corporal em mulheres mais maduras
Hays, N.P., Kim, H., Wells, A.M., Kajkenova, O., Evans, W.J. Effects of whey and fortified collagen hydrolysate protein supplements on nitrogen balance and body composition in older women. J Am Diet Assoc. 2009 Jun; 109(6):1082-7.

Os efeitos crônicos do Whey Protein na pressão arterial, função vascular e marcadores inflamatórios em indivíduos com sobrepeso
PAL, S. and ELLIS, V. The Chronic Effects of Whey Proteins on Blood Pressure, Vascular Function, and Inflammatory Markers in Overweight Individuals. Obesity, 2009.

Monografia de Whey Protein
Monograph. Whey Protein. Alternative Medicine Review Volume 13, Number 4 2008.

Estimulação da síntese de proteínas musculares por ingestão de Whey Protein antes e após o exercício
Tipton, K.D. Stimulation of net muscle protein synthesis by whey protein ingestion before and after exercise. Am J Physiol Endocrinol Metab 292: E71–E76, 2007.

Efeitos do Whey Isolado, creatina e treinamento de resistência na hipertrofia muscular
Cribb, PJ., William, A.D., Stathis, C.G., Carey, M.F., Hayes, A. Effects of Whey Isolate, Creatine, and Resistance Training on Muscle Hypertrophy. Medicine & Science in Sports & Exercise, 2006.

Dieta proteica para apoiar o anabolismo com exercício de resistência em homens jovens
Phillips, S.M., Hartman, J.W., Wilkinson, S.B. Dietary Protein to Support Anabolism with Resistance Exercise in Young Men. Journal of the American College of Nutrition, Vol. 24, No. 2, 134S–139S (2005).

Proteína - Qual é a melhor?
Hoffman, J.R., Falvo, M.J. Protein – Which Is Best? Journal of Sports Science and Medicine (2004) 3, 118-130.

Efeito do Whey Protein Isolado na glutationa intracelular e morte celular induzida por oxidante em células epitéliais da próstata humana
Kent, K.D., Harper, W.J., Bomser¸ J.A. Effect of whey protein isolate on intracellular glutathione and oxidant-induced cell death in human prostate epithelial cells. Toxicology in Vitro 17 (2003) 27–33.

Efeito de alta pressão sobre o comportamento de espuma do Whey Protein Isolado
Ibanoglu, E., Karatas, S. High pressure effect on foaming behaviour of whey protein isolate.  Journal of Food Engineering 47 (2001) 31±36.

Aumento da dieta proteica modifica a homeostase da glicose e da insulina em mulheres adultas durante a perda de peso
Increased Dietary Protein Modifies Glucose and Insulin Homeostasis in Adult Women during Weight Loss. The Journal Of Nutrition, pag 405-410, 2002.

Últimas notícias sobre Whey:

Tudo o que deve saber sobre whey - Men'sHealth, 08/2017
http://menshealth.pt/fitness/tudo-deve-saber-whey/

8 dúvidas mais comuns sobre Whey Protein - Notícias ao Minuto, 08/2017
https://www.noticiasaominuto.com.br/lifestyle/435814/8-informacoes-sobre-o-whey-protein-que-voce-precisa-saber

Marie Claire: Suplementos que Juliana Paes usa para ficar linda e sarada

Médica da atriz explica como os suplementos atuam no organismo da sarada Bibi de A Força do Querer para manter o corpão, a pele e os cabelos saudáveis.


Para ficar linda como a Juliana Paes não é fácil. Além de malhar e ter uma vida saudável, a atriz usa alguns suplementos naturais que atuam como antioxidantes, minerais e proteínas que auxiliam no funcionamento do organismo e beneficiam até a memória.

Segundo a Dra. Heloisa Rocha, médica ortomolecular da atriz desde Celebridade (2003), ela sempre buscou o controle da TPM e a diminuição do percentual de gordura. "Ela usa óleo de prímula para controlar o apetite e facilitar a queima de gordura. Sempre a tratei com um olhar estético e de saúde. Como a Ju é um símbolo sexual, a gente não pensa só no corpo, mas também nas unhas, cabelo, pele, memória. Ela não faz dieta, só usa suplementos naturais e é muito disciplinada para tomá-los", diz.

A médica ainda alerta que é muito importante visitar um médico ou nutricionista antes de sair tomando qualquer coisa. O que é bom para a Ju, pode não ser específico para outra pessoa. "Tomar remédio ou qualquer suplemento sem indicação de um especialista, pode ser prejudicial à saúde. Cada organismo é singular e reponde de um jeito. Só o profissional capacitado saberá quais vitaminas funcionam para o seu paciente", diz ela, que também atende Deborah Secco e Marina Ruy Barbosa.

A médica faz uma combinação poderosa para a atriz e explica para que serve cada suplemento e os benefícios que eles dão; confira!

Especialmente para aumentar a performace da atriz durante a malhação, a médica indica:

BCAA -  complexo de aminoácidos conjugados que aumenta a massa muscular e impede a sua destruição.

HMB -  Hidroximetilbutarato - suplemento anticatabólico usado antes e depois dos treinos- combate a detruição de proteínas - melhora a reparação e evita a destruição muscular em treinos de endurance (aeróbicos).

TRUBULLUS - planta que ajuda no aumento da testosterona e do óxido nítrico - melhora a massa muscular. Ajuda a diminuir a fadiga e aumenta a performance durante o treino.

BETA ALANINA - melhora a performance em treinos aeróbicos.

EURYCOMA LONGIFOLIA E TURKESTERONE - aumenta a perfomance, o aumento da massa magra e a síntese de proteínas.

Para a saúde e beleza da atriz, a médica indica:

PICOLINATO DE CROMO - mineral importante no controle da gula por doces e carboidratos. Ajuda especialmente na TPM.

ÔMEGA 3 -  é um potente anti-inflamatório-  auxilia na memória, saúde do coração, pele e unhas.

BIOTINA -  é uma vitamina do complexo B, também chamada Vitamina H ou B7 - importantíssima para a saúde dos cabelos, da pele e das unhas.

EXSYNUTRIMENT -  composto á base de silício que atua no tecido conjuntivo e estimula as fibras de colágeno dando firmeza á pele. Evita o envelhecimento cutâneo.

ÁCIDO HIALURÔNICO -  atua como lubrificante - 50 % de sua concentração no nosso corpo é na pele - o que mantém a pele com boa elasticidade, lisa e hidratada. Sua ausência ou diminuição provoca rugas.

BIOARCT -  composto á base de algas marinhas - poderoso antioxidantes que ajuda na produção de colágeno e elastina, promovendo firmeza à pele.

RESVERATROL - polifenol com ação potente antioxidante - combate radicais livres e envelhecimento precoce, tem ação anti-inflamatória e aumenta a resistência física. Melhora as taxas de colesterol e auxilia na memória.

FOSFATIDILSERINA  - auxilia no poder de concentraçção e memorização.

POLYPODIUM LEUCOTOMOS - atua protegendo contra as radiações solares. Funciona como se fosse um protetor solar via oral.

QUERATINA -  proteína fibrosa que faz parte da constituição do nosso cabelo e unhas.

CACTINEA - é um planta que promove uma excelente drenagem linfática em cápsulas. Melhora celulite e retenção de líquidos.

Fonte:
http://revistamarieclaire.globo.com/Beleza/noticia/2017/06/juliana-paes-mix-de-suplementos-que-musa-usa-para-manter-o-corpao-pele-e-os-cabelos-saudaveis.html

G1: Óleo de Cártamo queima gordura, reduz o apetite e tem ação anti-inflamatória


70% do Óleo de Cártamo é rico em ômega 6 (ácido linoleico), um ácido graxo essencial para o organismo que auxilia na cicatrização, evita a queda de imunidade, atenua queda de cabelo e aumenta queima de gordura corporal.

Cerca de 30% é composto por ômega 9. Esta gordura é monoinsaturada e ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, derrames, tem ação anti-inflamatória e contribui para aumentar os níveis do colesterol bom, HDL, e diminuir o ruim, LDL.

Outros benefícios:

  • Reduz o apetite, pois aumenta a produção de leptina, hormônio que causa a sensação de saciedade.
  • Previne o envelhecimento: tem ação antioxidante por ser rico em vitamina E, que combate os radicais livres.
  • Possui propriedades anti-inflamatórias que ajudam a diminuir a retenção de líquido.
  • Auxilia na redução do LDL (mau colesterol).

Procure sempre um profissional de nutrição para te orientar sobre as doses diárias e formas de ingestão.

Fonte:
http://g1.globo.com/mg/zona-da-mata/blog/casal-fit-no-g1-zona-da-mata/post/conheca-os-beneficios-do-oleo-de-cartamo.html

Whey previne diabetes, regula açúcar no sangue e aumenta a saciedade em obesos

Whey Protein previne diabetes tipo 2 regula acucar no sangue aumenta saciedade obesidade diminui desejo por doces artigo cientifico

Suplemento alimentar ajuda a evitar diversas doenças em obesos, é o que sugerem dois estudos realizados na Universidade de Newcastle do Reino Unido e publicados pela renomada revista The Diabetes Times.

Prevenção do diabetes
O primeiro estudo tinha como base 12 homens obesos, que foram divididos em dois grupos. O primeiro deles descansou por 30 minutos, enquanto o segundo deveria andar em uma esteira durante esse mesmo período de tempo. Logo após, alguns desses participantes receberam cerca de 20 gramas de whey protein e outros receberam um placebo antes de comerem um café da manhã com grandes quantidades de carboidrato.

Os resultados apontaram que aqueles que consumiram o suplemento não tiveram um pico de açúcar após a refeição.

Equilíbrio do nível de açúcar 
Já o segundo estudo da Universidade de Newcastle contou com 11 homens que possuíam diabetes tipo 2, e cada um deles recebeu 15 gramas de whey protein. Os resultados, que foram apresentados na Conferência de Profissionais de Diabetes do Reino Unido, apontam que os níveis de açúcar dos integrantes se mantiveram equilibrados e estáveis.

A pesquisa também revelou que os participantes se sentiram saciados durante mais tempo, evitando o desejo excessivo por comida, especialmente por doces.

Benefícios cardiovasculares 
Outra pesquisa publicada em outubro de 2016 pela universidade de Reading, também no Reino Unido, já havia comprovado alguns dos benefícios que o whey protein tinha para o coração. Segundo o estudo, o uso do suplemento abaixa a pressão arterial, o colesterol e torna os vasos sanguíneos mais saudáveis, evitando o risco de doenças cardíacas. Dos participantes, aqueles que consumiram o suplemento reduziram em 8% a chance de desenvolver um problema cardíaco fatal.

A obesidade e diabetes do tipo 2 afetam, respectivamente, 600 milhões e 400 milhões de pessoas em todo o mundo e a suplementação diária de whey protein pode trazer muitos benefícios à saúde.

Referências:
  1. Whey protein could help control type 2 diabetes. The Diabetes Times, 2017.
  2. Biochemical and metabolic mechanisms by which dietary whey protein may combat obesity and Type 2 diabetes. The Journal of Nutritional Biochemistry, 2013.
  3. Supplementation with Undenatured Whey Protein During Diabetes Mellitus Improves the Healing and Closure of Diabetic Wounds through the Rescue of Functional Long-lived Wound Macrophages. Cell Physiol Biochem, 2012.
  4. Whey protein: estudos revelam novos benefícios. Veja, 2017.
  5. Consumir whey protein afasta o risco de diabetes, conclui estudo. Boa Forma, 2017.
  6. Estudo relaciona consumo de whey protein à prevenção de doenças cardiovasculares e diabetes. Capital News, 2017.
  7. Whey protein previne diabetes e traz benefícios cardiovasculares, diz pesquisa. Gazeta, 2017.

Qual a melhor aveia? Farelo, flocos ou farinha?


Aveia é um super-alimento que reduz níveis de açúcar no sangue e colesterol, melhora a saúde do intestino e ainda protege contra doenças do coração. Saiba como escolher:

farelo de aveia oat bran flocos de aveia farinha de aveia como consumir qual a diferença melhor para emagrecer

farelo (Oat Bran) é a melhor opção para quem deseja emagrecer ou definir, por ter mais fibras e proteínas. É feito a partir da casca dos grãos, a parte mais importante da aveia que retarda a absorção da glicose e promove a saciedade.
farelo de aveia oat bran flocos de aveia farinha de aveia como consumir qual a diferença melhor para emagrecer

Os flocos são mais indicados para aumento de peso, por ter mais carboidratos e mais calorias. São feitos a partir do amido sem a casca, fonte de energia rápida.

farinha é feita da moagem do amido e é muito utilizada em produtos de panificação e preparo de receitas, pois absorvem água mais facilmente e cozinham mais rápido.

A aveia cozida pode causar poucas respostas a glicose e insulina, portanto, não é muito indicada.

farelo de aveia oat bran flocos de aveia farinha de aveia como consumir qual a diferença melhor para emagrecer

Qual é a melhor forma de consumir?

Para quem deseja emagrecer ou definir, consumir o farelo (Oat Bran) diretamente no alimento, sem aquecimento. Pode ser acrescentada ao shake de proteína, iogurte desnatado ou em frutas machucadas (abacate, banana, mamão, etc).

Pessoas magras que desejam aumentar o peso, consumir os flocos nos shakes hipercalóricos, iogurte integral ou vitaminas/saladas/sucos de frutas.

Whey para aidéticos, portadores de câncer e hepatite


O Whey protein possui em sua composição imunoglobulinas que auxiliam o sistema imunológico e também exercem papel antioxidante. A lactoferrina também está presente nesse suplemento e exerce uma função antibacteriana e antiviral.

Por conta dessas propriedades o Whey protein tem sido muito utilizado em estudos com sujeitos contendo HIV/AIDS, vários tipos de câncer, hepatite e fatores de risco cardiovascular.
Whey Protein é muito mais do que síntese proteica e deve fazer parte da alimentação de pessoas com doenças autoimune ou pessoas saudáveis que buscam mais saúde e defesa orgânica.

Whey Protein é muito mais do que síntese proteica e deve fazer parte da alimentação de pessoas com doenças autoimune ou pessoas saudáveis que buscam mais saúde e defesa orgânica.

Ver mais artigos sobre Whey Protein


Fonte: Gazeta Esportiva

Qual a quantidade necessária de água para tomar Whey Protein?

Whey Protein quantidade de agua como usar receita como preparar quantidade ideal como tomar dose ideal

Não existe uma quantidade de água estabelecida para o preparo de Whey Protein. Recomendamos que prepare seu Whey Protein na quantidade de água que vai te agradar no sabor. Quanto menos água, mais docinha e saborosa fica a proteína.

Sugerimos em torno de 100 a 150 ml de água gelada para um scoop padrão de 30g. Para diluição, utilize sempre uma garrafinha específica (coqueteleira, shaker). Evite liquidificador ou mixer, para não espumar.

Pode bater Whey com frutas?

Pode sim, desde que sua dieta permita. As frutas são mais calóricas e algumas tem índice glicêmico alto (açúcar), nesse caso, adicione uma colher de chá de farelo de aveia (não flocos ou farinha). Saiba a diferença: clique aqui.

Sugerimos utilizar as Wheys puras, sem sabor, sem adoçantes, sem corantes e sem componentes artificiais, assim você irá sentir mais o sabor e doçura da fruta.

Posso fazer receitas com Whey Protein?

Pode sim, desde que seja receitas frias, como mousses, sorvetes e smoothies. Não aconselhamos receitas de bolos, panquecas ou alguma forma de aquecimento, pois desnatura a proteína.

Para mais informações ou dúvidas, chame-nos no chat ao vivo 👉

Visualizações