Whey para aidéticos, portadores de câncer e hepatite


O Whey protein possui em sua composição imunoglobulinas que auxiliam o sistema imunológico e também exercem papel antioxidante. A lactoferrina também está presente nesse suplemento e exerce uma função antibacteriana e antiviral.

Por conta dessas propriedades o Whey protein tem sido muito utilizado em estudos com sujeitos contendo HIV/AIDS, vários tipos de câncer, hepatite e fatores de risco cardiovascular.
Whey Protein é muito mais do que síntese proteica e deve fazer parte da alimentação de pessoas com doenças autoimune ou pessoas saudáveis que buscam mais saúde e defesa orgânica.

Whey Protein é muito mais do que síntese proteica e deve fazer parte da alimentação de pessoas com doenças autoimune ou pessoas saudáveis que buscam mais saúde e defesa orgânica.

Ver mais artigos sobre Whey Protein


Fonte: Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visualizações